Argila  

Posted by Susi in


A argila é provavelmente o mais milagroso dos produtos usados para tratamentos desde tempos imemoriais.
É um dos três medicamentos mais antigos e poderosos da humanidade, juntamente com a água e as plantas.


Está para ser descoberta a doença que não possa melhorar através de um tratamento com argila.
Para explicar de uma forma simples a complexidade de razões porque a argila é uma substância quase universal para o tratamento de doenças, perceba-se que os seus ions negativos têm a capacidade de atrair e absorver toxinas provenientes dos ions positivos, reduzindo os níveis de toxicidade e produzindo efeitos antissépticos, antibióticos e cicatrizantes.
A argila contém sílica, alumínio, ferro, titânio, cálcio, sódio, potassa e por vezes até magnésio. As proporções destes compostos variam conforme a sua origem, mas todas têm elevada percentagem de sílica e alumínio, o que explica as suas propriedades cicatrizantes e anti inflamatórias.
Existem vários tipos de argila: de um modo geral a verde é considerada a mais eficaz e de propriedades mais vastas, embora a argila branca seja melhor para colites e úlceras gástricas ou duodenais.


  • Pode usar-se argila por via interna ou externa, ou seja: bebê-la ou aplicá-la como emplastro.
  • A argila bebível é muito fina e dissolve-se num copo com água termal (não usar água da torneira);
  • mexer com uma espátula ou colher de madeira e beber. Usar o correspondente a uma colher de café por copo de água.
  • Também se usa água de argila: dissolver da mesma forma e deixar assentar durante algumas horas. Beber depois o conteúdo do copo até chegar ao pó depositado no fundo, que se deita fora (nunca voltar a usá-lo). Se um pouco desse pó for engolido não faz qualquer mal. Isto pode ser feito duas vezes por dia, de manhã e à noite.
  • A argila bebível toma-se em jejum ou com um intervalo de pelo menos duas horas de qualquer refeição.
  • A argila deve preparar-se sempre num recipiente de vidro ou barro, nunca usando metal ou plástico.
  • Para aplicar argila sobre a pele, deve diluir-se em água termal até fazer uma lama espessa, que depois se aplica directamente sobre uma parte do corpo previamente lavada sem champos ou sabonetes cosméticos (usar um sabonete de glicerina ou algas, por exemplo). A espessura da camada a aplicar pode variar conforme a intensidade e profundidade da acção que se pretende.
  • Para efeitos estéticos, é importante proceder do seguinte modo: a argila é escura quando está molhada e vai ficando clara quando seca - deve ser retirada imediatamente antes de ficar completamente seca.
  • Para fins terapêuticos, as aplicações podem durar entre poucos minutos a várias horas.
    O melhor processo de remoção é com água ou chuveiro - nunca esfregar.
  • Se quiser aplicar-se sobre uma ferida aberta ou uma zona muito inflamada, deve usar-se uma gaze ou um pano fino de linho entre a pele e a camada de argila.
  • Pode aplicar-se argila em todo o corpo, mas não se deve colocar lama espessa sobre os mamilos, lábios, boca e genitais (interior da vagina na mulher, glande e testículos no homem), bem como sobre os olhos ou no interior dos ouvidos. Todos estas zonas podem ser tratadas, mas através de lavagem com água de argila.
    Pode também ser usada em conjunto com outras terapias, em conjugação com plantas, óleos ou alimentos.
  • Em estética, os tratamentos da pele com argila são de extraordinária eficácia, sendo um excelente exemplo o efeito benéfico que têm na reafirmação de seios e como complemento nos tratamentos de redução de estrias.
  • Depois de um tratamento de argila deve lavar-se a pele com água corrente sem quaisquer produtos cosméticos, podendo hidratar-se a seguir com um óleo suave e neutro.

  • Na reafirmação de seios é muito eficaz molhar a pele com sumo de limão e deixar secar sem esfregar.
  • A argila produz resultados muito rápidos em estética e muito lentos, mas muito duradouros, na área da saúde.
    É comum, nos primeiros tratamentos, verificarem-se resultados inquietantes, como o agravamento de uma ferida ou o aumento de irritação da pele: isso é normal, pois é o processo de desintoxicação e eliminação de venenos através da pele - não deve suspender-se o tratamento, pois a cura virá a seguir.
    Se a argila aquecer muito durante o tratamento ou secar, deve substituir-se por nova aplicação.
    Nunca deve voltar a usar-se argila já utilizada.
  • Os tratamentos de argila devem ser acompanhados com uma dieta vegetariana e água em abundância.
  • Quando se fazem aplicações de lama espessa em qualquer parte do corpo, convém estar-se inteiramente nu, num ambiente com uma temperatura confortável e ar despoluido.
    Também é benéfico o banho de imersão em água a que se juntou argila.
  • Desde a cura de feridas e ulcerações até à redução de acidez gástrica e tumores, é inesgotável o espectro de resultados que podem obter-se a partir da argila, tanto no campo da saúde como no da estética. A argila tem-se provado eficiente no tratamento de úlceras, artroses, diarreia, dermatoses, tiroidismo, reumatismo e até cancro. Também é eficaz nas parasitoses, hepatites, acumulação de gases, fissuras e fístulas anais, gengivites e estomatites (principalmente as causadas por tabaco, álcool, pastilhas elásticas e guloseimas artificiais), asma, sinusite, otite, alergias diversas, tuberculose, pleurisia, pneumonia, zona, herpes, furúnculos, acne, pruridos e eczemas, taquicardia, arteriosclerose, angina de peito, reumatismo, gota, infecções urinárias ou renais, hemorróidas, varizes, celulite e redução de rugas... a lista é infindável.
    A argila pode ser usada para fins específicos ou para estimular e retemperar o sistema de um modo geral.
  • É um produto que deve ter-se em atenção, pois pode significar a diferença entre a saúde e a doença, mesmo onde tudo o resto tenha falhado...


Exemplos de tratamentos:


Acne: juntar uma porção de argila com outra de água e mexer até obter uma pasta cremosa. Aplicá-la na cara e deixar secar. É normal a argila ao secar mudar de tonalidade e sentir-se a pele a repuxar. Quando secar, lavar cuidadosamente com água sem esfregar. Este tratamento faz com que a acne seja atenuada. Nas primeiras utilizações é natural que apareçam mais borbulhas, pois é a argila a actuar, mas depois com o tempo os resultados serão visíveis.


ACONSELHO!!

Fonte: Laranjeira

This entry was posted on segunda-feira, 17 de março de 2008 at segunda-feira, março 17, 2008 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

1 comentários

Anónimo  

Quantas vezes por semana se deve fazer a máscara para o acne?

24 de agosto de 2011 às 23:49

Enviar um comentário

Top FM